Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Palavras chave

cmtv  cais  tvi24  

Últimos assuntos
Galeria


Dezembro 2018
DomSegTerQuaQuiSexSab
      1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031     

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

Orientação das políticas públicas e do investimento para os setores não transacionáveis: uma estratégia claramente errada!

Ir em baixo

Orientação das políticas públicas e do investimento para os setores não transacionáveis: uma estratégia claramente errada!

Mensagem por Admin em Qua Maio 14, 2014 2:10 pm

Ao longo das últimas décadas, temos vindo a assistir a uma orientação estratégica errada em termos de modelo de crescimento da economia portuguesa, traduzida no afastamento do investimento de sectores mais expostos à concorrência internacional (“setores transacionáveis” da economia, como é por excelência a indústria transformadora), em regra com maiores ganhos potenciais de produtividade e de eficiência, por contraponto a uma concentração em sectores “mais protegidos” (sectores regulados, como a eletricidade e as telecomunicações, ou as infraestruturas), que foram apoiados pelas políticas públicas e pela banca. 
 
O direcionamento para os setores não transacionáveis da economia teve como consequência um conjunto de custos excessivos (rendas do setor energético; Parcerias Público Privadas; SCUTs …) que penalizaram seriamente aquele que deveria ser considerado o principal motor de desenvolvimento económico: o setor industrial! 
 
Esta tendência foi particularmente gravosa para as regiões Norte e Centro do País, especializadas na produção de bens transacionáveis e com forte orientação exportadora.


INTERVENÇÃO DO PRESIDENTE DA AEP - ASSOCIAÇÃO EMPRESARIAL DE PORTUGAL, JOSÉ ANTÓNIO FERREIRA DE BARROS, NO DIA REGIONAL DO ENGENHEIRO, SOB O TEMA «PORTUGAL – UMA NOVA CENTRALIDADE LOGÍSTICA», NO AUDITÓRIO PAULO QUINTELA, EM BRAGANÇA, NO DIA 29 DE SETEMBRO DE 2012. 

_________________
Cláudio Carneiro


Facebook
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16761
Pontos : 49160
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 31
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.forumotion.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum