Olhar Sines no Futuro
BEM - VINDOS!!!!
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada

Conectar-se

Esqueci minha senha

Palavras chave

cais  cmtv  tvi24  

Últimos assuntos
Galeria


Outubro 2018
DomSegTerQuaQuiSexSab
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031   

Calendário Calendário

Flux RSS


Yahoo! 
MSN 
AOL 
Netvibes 
Bloglines 


Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante :: 1 Motor de busca

Nenhum

O recorde de usuários online foi de 864 em Sex Fev 03, 2017 11:03 pm

A Madeira e o novo quadro geopolítico mundial

Ir em baixo

A Madeira e o novo quadro geopolítico mundial

Mensagem por Admin em Qui Set 11, 2014 11:54 am


O quadro geoestratégico que se está a desenhar para os próximos anos é favorável a um Mundo muito mais Atlântico, em claro prejuízo da relevância estratégica do Médio Oriente enquanto zona fulcral de abastecimento energético do ocidente, desde o fim da Segunda Grande Guerra Mundial.

A revolução do “Shale gas” (gás de xisto) nos Estados Unidos transformou este país no maior produtor mundial, dinamizou a economia americana que está de novo em acelerado processo de industrialização com a substituição das centrais de carvão. Os preços do gás nos EUA são 2 a 2,5 vezes menores que na Europa e 4 a 5 vezes menores do que na Ásia o que confere uma enorme vantagem competitiva à economia americana. Acresce o aumento exponencial da capacidade de extração petrolífera quer dos Estados Unidos quer das novas potências emergentes - México, Colômbia, Brasil -, para se perceber que as circunstâncias estão a mudar muito rapidamente e que a Europa tem de inverter a sua debilidade geopolítica em termos energéticos, encontrando alternativas fiáveis ao gás russo e diversificando os seus pontos de abastecimento, designadamente na Bacia Atlântica, potenciando, por exemplo, a Península Ibérica como plataforma de recepção de gás natural liquefeito (LNG), tendo em vista um desejado e esperado mercado único de energia a nível europeu.

Mas não só: o Acordo Comercial Estados Unidos-União Europeia criará entre os dois continentes a maior zona de livre comércio do mundo, representando metade do PIB mundial e 40 por cento do comércio global.

O Atlântico e as suas águas perfila-se, pois, no futuro, como o maior espaço de intercâmbio comercial e energético do planeta, estando a Madeira e os arquipélagos da Macaronésia no centro das rotas marítimas de intercâmbio entre os dois continentes. 

Atente-se, por exemplo, que Portugal tem a 3ª maior ZEE (Zona Económica Exclusiva) da União Europeia com 1.727,408 Km2 (Madeira – 446.108 Km2; Açores – 953.633 Km2) e a possibilidade de ampliação do Porto de Sines para movimentar no futuro 4 milhões de TEU’s deve ser uma prioridade nacional.

Pelo seu posicionamento geográfico, qualidade das suas infraestruturas, potencial do Centro Internacional de Negócios e atractividade fiscal, a Madeira deve afirmar-se como um centro privilegiado e cosmopolita de “trade” internacional, captando para o seu território as grandes empresas e “Players” dos negócios internacionais da energia, comércio e ambiente. Deve, simultaneamente, potenciar e estreitar as suas relações com Cabo Verde (ZEE: 734.265 Km2), São Tomé e Príncipe (ZEE: 125.891 Km2), Açores e Canárias -, concertando estratégias comuns para a salvaguarda dos interesses das ilhas numa nova conjuntura onde a Rota do Atlântico passa a ter de novo uma importância crucial para a prosperidade do mundo ocidental.

Miguel Albuquerque Candidato a líder do PSD-M
Fonte: http://www.dnoticias.pt/blogs/candidatura-de-miguel-albuquerque/468703-a-madeira-e-o-novo-quadro-geopolitico-mundial

Diário de Notícias - Madeira
Quinta, 11 de Setembro de 2014

_________________
Cláudio Carneiro


Facebook
avatar
Admin
Admin

Mensagens : 16761
Pontos : 49160
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2013
Idade : 31
Localização : Sines

Ver perfil do usuário http://olharsinesnofuturo.forumotion.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum